quarta-feira, 6 de abril de 2011

Vou-me indo.



Que de lágrima, dela vindo,
Em teus olhos,
Dias indo,
E eu vou,
Pelas esquinas,
Ouvidos outras canções,
Mesma rima,
Em me vou,
Não chore menina,
Há um sol em outra vida.

Há um sol,
Outra rima,
Dois olhos,
Olhando a vida,
Como você,
Como o dia,
Pra você,
Minha menina,
Eu me vou,
Nesta lida.

Há um quadro,
Pintura cistina,
Reflete um milagre,
Filha do dia,
Que de tuas quentes lágrimas,
A profecia,
De outro dia,
Que vem,
E que finda,
Doce menina.


Thiago Mendes