quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Anseio


A alma liquida anseia por aquilo que é essência da vida,
dor daquela que desfaz o encontro das partículas.
Porque meu corpo pede por mais gosto do desgosto daquele dia?
O espírito meu, já repeles meu corpo por tantas amarguras.

Não repares na escuridão destas palavras,
elas só são o grito angustioso da luz.
Que te conduz pra longe dessas dores premeditadas,
para mais perto da morada do fim que te conduz.


Thiago Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário