sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Menina

Engasgo com essa água fluida de tempo
Essa tosse leva embora minha força
Essa noite sonolenta me enerva
Meu ego prepara sua forca.


Menina me ajuda vai
Lava minha cara dessa lama
Fertiliza minha alma com teu perfume
Eu sei, não digas que me ama.


Que sono...que vento..que frio
Não há espaço vazio aqui?
Coisas fora do lugar...estranho
Corpo sonolento...estou ali?


Vai me engajar no teu sonho garota?
Vai me engasgar no teu beijo?
Vai me fazer dormi na sua sonolência?
E sim eu prometo que não te deixo.


Thiago Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário