sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Deixara-me sozinho esta noite?

Estamos nos portões do éden novamente... Encarando o anjo.
Nas portas de nós mesmo
Inumana vontade... Guiada pelo querubim.
Estamos de novo nas entranhas das nossas dores.

Deixara-me sozinho esta noite?

De volta aos antigos medos
Viciados nos mesmos erros
E o arcanjo nos encara
O querubim nos obriga

Deixara-me sozinho esta noite?


“Tirai a pedra e vem pra fora”
Exclui o medo e me abrace agora
Desata o nó e me enlace
Me cuspa e beije

Deixara-me sozinho esta noite?

Expondo meus medos e dores
Começa agora
Até que acabe
Tirai a pedra.

Deixara-me sozinho esta noite?

Nenhum comentário:

Postar um comentário